Cardio da Vida
Procurar
Close this search box.
Procurar
Close this search box.

OBESIDADE E EXCESSO DE PESO | O QUE É?

Artigo de José Ferreira Santos - Cardiologista
01 jun 2023

Uma em cada duas pessoas tem excesso de peso e uma em cada quatro são obesas! Estes são números retirados do último relatório da OCDE, sendo que até 2050 estima-se que a obesidade continue a aumentar e venha a ser responsável pela redução em 3 anos na esperança média de vida e por um crescimento exponencial no número de pessoas com diabetes, doença cardiovascular e cancro.

ASSIM, A OBESIDADE É TALVEZ A MAIOR PANDEMIA DA NOSSA SOCIEDADE E SEGURAMENTE UMA PANDEMIA MUITAS VEZES SILENCIOSA!

O QUE É A OBESIDADE?

Excesso de peso e obesidade são definidos pela acumulação excessiva e anormal de gordura corporal, que pode prejudicar a saúde. 

Para quantificar a obesidade, podemos usar vários indicadores, tais como o índice de massa corporal, o perímetro abdominal e a percentagem de gordura corporal.

ÍNDICE DE MASSA CORPORAL

O índice de massa corporal (IMC) é um índice simples, que é utilizado para classificar a relação entre o peso e a altura e que pode ser usado como um indicador de peso a mais. 

O IMC é calculado dividindo o peso (em kg) pela altura (em metros e ao quadrado).

  • IMC = peso (kg) / altura (metros)2

Os resultados podem ser interpretados da seguinte forma:

  • Baixo Peso: IMC <18,5
  • Normal: IMC 18,5 a 24,9
  • Excesso de peso: IMC 25 a 29,9
  • Obesidade: IMC superior a 30

Um IMC superior ou igual a 30 é sinónimo de obesidade, sendo que valores superiores a 40, traduzem obesidade mórbida, com elevado risco para a saúde. Além do IMC, é possível quantificar a gordura corporal com recurso a outros indicadores, tais como o perímetro abdominal e a percentagem de gordura corporal.

IMC
PERÍMETRO ABDOMINAL

PERÍMETRO ABDOMINAL

O perímetro abdominal, pode ser determinado da seguinte forma:

 

  • Encontre a linha média (imaginária) entre a parte inferior da última costela e a parte superior da crista ilíaca (osso da anca)
  • Coloque a fita métrica em volta da cintura, na altura da linha média
  • Mantenha a fita métrica justa, mas não demasiado apertada
  • Realize a medição após uma expiração normal

Os valores de referência para o perímetro abdominal, variam de acordo com o sexo, sendo indicativo de excesso peso os seguintes:

– Nos homens um perímetro abdominal maior ou igual a 102 centímetros
– Nas mulheres um perímetro abdominal maior ou igual a 88 centímetros

Mesmo com um IMC normal, um perímetro abdominal elevado associa-se a gordura visceral elevada e aumenta o risco de desenvolver doença cardiovascular.

PERCENTAGEM DE GORDURA CORPORAL

A percentagem de gordura corporal pode ser determinada com recurso a vários métodos. O método mais simples e de fácil acesso é a utilização de uma balança com bioimpedância, na qual é medida a resistência elétrica do corpo, sendo extrapolada a percentagem de gordura corporal. A medição da gordura não é realizada de forma direta, sendo feita com recurso a fórmulas matemáticas e pode ser influenciada por vários fatores (tais como hora do dia, estado de hidratação, etc.). 

Existem outras formas indiretas para medir a gordura corporal, tais como a medição de pregas cutâneas, no entanto, este método requer a execução por alguém com experiência. 

Um método mais preciso e não invasivo é feito com um equipamento de raios-X de dupla energia, que pode medir diretamente a gordura corporal. Infelizmente este método é dispendioso e pouco acessível. 

Os valores de referência para a gordura corporal, num adulto são:

Homens & Mulheres

QUAIS OS RISCOS DA OBESIDADE?

A obesidade associa-se a vários problemas de saúde, nomeadamente aumenta o risco de desenvolver:

1

Diabetes

2

Hipertensão Arterial

3

Colesterol elevado

Apneia do sono

5

Arritmias

6

Insuficiência Cardíaca

7

Doença coronária e Enfarte Agudo do Miocárdio

8

Fígado gordo e cirrose hepática

9

Cancro

Doenças osteoarticulares

1

Diabetes

5

Arritmias

9

Cancro

2

Hipertensão Arterial

6

Insuficiência Cardíaca

Doenças osteoarticulares

3

Colesterol elevado

7

Doença coronária e Enfarte Agudo do Miocárdio

Apneia do sono

8

Fígado gordo e cirrose hepática

QUE OUTRAS IMPLICAÇÕES PODE TER A OBESIDADE NA MINHA SAÚDE? COMO COMEÇAR A AGIR?

A obesidade associa-se a cansaço e falta de energia, o que pode dificultar a atividade física e contribuir para o humor deprimido.

Perder peso é um desafio e requer muita determinação e força de vontade. No entanto, reduzir apenas uns quilos pode ser o suficiente para aumentar a confiança e ganhar a energia para prosseguir em frente!

 Saiba porque é emergente reconhecer a obesidade e comece hoje mesmo a melhorar a sua saúde:

Melhorar a saude

FAÇA O SEU REGISTO E NÃO PERCA AS NOVIDADES

Assine a newsletter e receba mensalmente sugestões de artigos e insights dos especialistas do Cardio da Vida!
Caso não encontre o nosso email, por favor, verifique a sua caixa de spam ou de lixo eletrónico.