Cardio da Vida
Procurar
Close this search box.
Procurar
Close this search box.

QUAIS OS COMPONENTES DO TREINO MAIS IMPORTANTES PARA A SAÚDE DO CORAÇÃO?

Artigo de Vanessa Santos - Fisiologista do Exercicio
31 jan 2021

O exercício físico apresenta inúmeros benefícios para quem tem doença cardiovascular, ajuda a reduzir a pressão arterial e o colesterol, melhora a capacidade de absorver e utilizar o oxigénio, aumenta os níveis de energia e diminui o cansaço, melhora a qualidade do sono, ajuda a pessoa a atingir e/ou manter um peso saudável e a controlar o stress.

O exercício físico é composto por inúmeras capacidades físicas, todas elas importantes para a sua saúde cardiovascular.

O que são capacidades físicas?

Capacidades físicas são todos os atributos físicos que podemos treinar. O nosso corpo trabalha de inúmeras formas no nosso dia a dia e muita vezes nem nos damos conta que utilizamos várias destas capacidades físicas.

Quais são as capacidades físicas?

Trabalhar as diferentes capacidades físicas produz diferentes benefícios na sua saúde cardiovascular, melhorando o seu bem-estar.

A resistência física vai ajudar a melhorar a sua capacidade cardiorrespiratória, a circulação e a respiração, que, por sua vez, vão promover a redução/controlo dos valores de pressão arterial e colesterol. Permitirá que realize tarefas quotidianas como caminhar, sem cansaço excessivo, preservando assim a sua autonomia.
A força muscular vai promover maior produção de força nos músculos, tornando-os mais fortes, reduzindo sintomas de insuficiência cardíaca, cansaço, tornando as suas tarefas do dia a dia mais fáceis de realizar. O trabalho de força muscular também vai fortalecer os ossos, promovendo uma boa saúde óssea. A perda de força muscular acentua-se com o avançar da idade e pode afetar o equilíbrio, a postura e aumentar o risco de quedas. Assim, é muito importante que a força muscular continue a ser treinada, mesmo em pessoas idosas.
A flexibilidade vai permitir realizar movimentos em certas articulações com amplitude de movimento adequada. Sendo uma componente essencial da aptidão funcional, vai auxiliar a manter a boa postura e reduzir os riscos de lesões e problemas na coluna. É essencial para o desempenho das tarefas diárias, como agachar-se, ajoelhar-se, calçar-se.
A velocidade, o equilíbrio, a agilidade e a coordenação vão promover melhorias funcionais que lhe proporcionarão uma maior funcionalidade, permitindo uma maior autonomia.

As capacidades físicas encontram-se todas interligadas entre si. Cada uma trabalha uma parte específica e o corpo num todo, o coração, os ossos, os músculos, os pulmões, a circulação sanguínea, as articulações, etc… tudo de forma a torná-lo autónomo e funcional, independentemente da sua condição clínica.

Cada uma deve ser trabalhada especificamente de acordo com as suas limitações e possibilidades, de forma a melhorar e a evoluir no sentido de uma vida saudável, autónoma e funcional, reduzindo e controlando os inúmeros fatores de risco cardiovascular.

Referências:

American College of Sports Medicine. ACSM books.

Artigo de Vanessa Santos - Fisiologista do exercício

Sou fisiologista do exercício, doutorada em atividade física e saúde, especialista em exercício clínico. Conheço bem os benefícios que o exercício físico promove na nossa saúde e o que me move é poder ajudar quem mais precisa, a prevenir e/ou recuperar patologias clínicas, através do exercício físico regular, promovendo estilos de vida ativos e saudáveis.

MAIS ARTIGOS DO SEU INTERESSE:

FAÇA O SEU REGISTO E NÃO PERCA AS NOVIDADES

Assine a newsletter e receba mensalmente sugestões de artigos e insights dos especialistas do Cardio da Vida!
Caso não encontre o nosso email, por favor, verifique a sua caixa de spam ou de lixo eletrónico.